segunda-feira, 17 de julho de 2017

PJ da Arquidiocese de Feira concretiza 3ª etapa da Escola da Juventude

A imagem pode conter: 30 pessoas, pessoas sorrindo, área interna
Aconteceu entre os dias 14 a 16 de julho a 3ª etapa da Escola da Juventude Dom Hélder Câmara, no ano de 2017. O encontro se deu na Chácara Santo Inácio, em Feira de Santana. As atividades se iniciaram na sexta, com a acolhida aos participantes e com a mística inicial, com a oração do Ofício Divino da Juventude.
No sábado, a parte formativa ficou por conta de Bruno Conceição, da assessoria da PJ de Salvador. Ele conduziu a oração do Ofício Divino no início da manhã, e em seguida começou com a primeira temática. A temática “Concepções de Juventude” foi abordada percorrendo as várias formas de se ver a juventude na Sociedade e na Igreja também. Já no período da tarde, a temática foi  “Missão da PJ”, onde o facilitador percorreu as questões desse tema a partir de documentos da PJ e da Igreja como um todo, sempre de maneira dinâmica.
No princípio da noite foi o momento de partilhar os Pães da Palavra e da Eucaristia. A Missa foi presidida pela padre Paulino, SJ, e tivemos a alegria de participar junto com a juventude do Magis, que estava participando de um encontro bem ao lado da Escola da Juventude. Eram jovens de algumas partes e também de fora do estado da Bahia. Momento de rezar pela unidade, e perceber tanta coisa em comum entre nossas espiritualidades e ação pastoral. Padre Paulino nos ajudou no pensar sobre esta nossa ação e como colocar nossa missionariedade juvenil em prática. Ainda na noite de sábado, fizemos também nossa noite cultural em conjunto, com os jovens pjoteiros e do Magis mostrando seus talentos na poesia, música e dramatização.
No domingo, logo depois do ODJ, foi o momento de os jovens cursistas aprenderem mais sobre Seguimento de Jesus. A facilitadora foi a assessora arquidiocesana da PJ, Irmã Márcia. Nessa temática, a partir dos textos bíblicos (evangelhos) e documentos da Igreja, como é o caminho dos seguidores do Nazareno: Ele se faz presente no meio dos mais empobrecidos e excluídos da sociedade. Antes da Mística Final, a equipe arquidiocesana fez avisos em relação à Formação Missionária, Missão Jovem e DNJ que estão se aproximando. Por fim, a Irmã Márcia fez a mística de envio dos participantes e equipe da Escola da Juventude.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 2 pessoas
Com informações de Erik Nascimento, pela Coordenação da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Feira de Santana


quarta-feira, 5 de julho de 2017

Saiba como colaborar com o Sínodo dos Bispos de 2018



Em 2018, será realizada a XV Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. No processo de preparação, ocorre a fase de consulta, quando o povo de Deus pode enviar contribuições e respostas ao questionário disponibilizado pela Santa Sé. O bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Vilsom Basso, explica como os jovens brasileiros podem participar.
A fase de consulta foi aberta após a publicação do documento preparatório, em janeiro deste ano. Este processo levará à redação do instrumento de trabalho para a assembleia sinodal. Às conferências episcopais, coube a responsabilidade de receber as contribuições e respostas, compilar o material e enviar à Secretária do Sínodo. Aqui no Brasil, a CNBB disponibilizou desde janeiro o texto preparatório com o questionário.
Para dom Vilsom Basso, “é um tempo de graça, um kairós para toda a juventude, para toda a Igreja, um Sínodo dos Bispos sobre juventude”. Ele explica que estão à disposição dos jovens três maneiras de participar. Primeiro, respondendo ao questionário que já foi encaminhado a todas as dioceses do Brasil e enviando até o final de julho para a CNBB, para que seja feita uma síntese e enviada à Secretaria do Sínodo, no Vaticano – este material poderá ajudar na formulação de ações pastorais no âmbito brasileiro. Até 31 de julho, serão recebidas as respostas dos jovens pelo e-mail synodus@cnbb.org.br
“A segunda maneira saiu na semana passada: os jovens poderão participar diretamente no site do Sínodo e ali darem as suas respostas”, indica dom Vilsom, lembrando do site que entrou no ar em 14 de junho. O secretário-geral do Sínodo, cardeal Lorenzo Baldisseri, explicou que a plataforma na internet deve promover “ampla participação”. Com o website, os jovens receberão informações e vão poder também interagir no caminho da preparação para o Sínodo.
terceira maneira de colaboração com o Sínodo, de acordo com dom Vilsom, é com a partilha de experiências da juventude e expectativas para o Sínodo. Isso poderá ser feito no Facebook, com publicações usando a hastag #popeasks.
Questionário
O Vaticano questiona a juventude e com a finalidade de acompanhar os jovens em seu caminho existencial rumo à maturidade, para que, por meio de um processo de discernimento, “possam descobrir seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e com os homens, participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade”.
O documento preparatório propõe uma reflexão em três partes. A primeira sobre as dinâmicas sociais e culturais. Na sequência, uma abordagem do “discernimento” como instrumento que a Igreja oferece aos mais novos para a descoberta da sua vocação. Por fim, são colocados em relevo os elementos fundamentais da pastoral juvenil vocacional.
 Envie para a CNBB
1. BAIXE AQUI o formulário em word;
2. RESPONDA o questionário seguindo as orientações;
3. ENCAMINHE o documento em word para o e-mail: synodus@cnbb.org.br
Prazo final de envio: 31 de Julho de 2017
Fonte: CNBB