sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Encontro Regional da PJ Nordeste 3

“Revisar também é caminhar”. Este foi o tema que motivou todo o Encontro Regional da Pastoral da Juventude do Regional Nordeste 3, ocorrido entre os dias 10 e 12 de agosto, na cidade e Diocese de Eunápolis-BA. A proposta do ERPJ deste ano foi avaliar o caminho feito desde a elaboração do Plano Regional em 2008 até o momento e com intenção de pensar a caminhada da PJ regional para os próximos três anos.
Na noite do dia 10/08 houve o momento de abertura com uma mística que provocou nos participantes a pensar em seus sonhos. Apesar dos desejos que cada um, cada uma tem prevaleceu os sonhos que são realizados coletivamente, evidenciando o quanto é importante a construção conjunta para uma sociedade e uma vida melhor. Após este momento e já com a assessoria de Joaquim Alberto – membro da Comissão Nacional de Assessores da PJ, fez a seguinte provocação nos participantes: “quem é o jovem?”.
Pensar no jovem é essencial neste momento de tantas mudanças e tantos contextos que um mesmo jovem pode estar envolvido. Ainda dentro da discussão do ‘ser jovem’, os participantes pensaram numa característica deste sujeito jovem que vivemos e convivemos no trabalho pastoral e na sociedade como um todo. O Secretário Nacional da PJ, Thiesco, também presente no ERPJ trouxe para o debate a realidade eclesial dos últimos anos, a partir de 2009. Uma conjuntura que mudou muito e muito rápido. Então, como entender todas estas mudanças e não se perder? Para entender um pouco das informações apresentadas formaram-se grupos de 3 para um momento de cochicho.
Na manhã do sábado (11/08) foi o momento de memória do regional, os passos até aqui já caminhados, as pessoas que caminharam junto neste chão e entender a organização da PJ no regional: em quais dioceses estamos presentes, as novas articulações e possibilidades que estão se apresentando. Para este momento Deisy e Michelle conduziram a memória. Em seguida, Joaquim retomou o caminho que começou a ser feito na noite anterior, retomando a realidade juvenil e o papel da Pastoral da Juventude no processo de evangelização dos/das jovens.
A partir daí o subsídio “Somos Igreja Jovem” foi utilizado para basear as ações da PJ no regional, sobretudo, os Projetos Nacionais foram tomados como meios de se continuar o Plano. Vale ressaltar que os seis projetos foram assumidos, os quais foram refletidos em grupos que elencaram as prioridades de cada um como forma de contemplar as realidades regionais que são bastante diversas. Encerramos o dia de trabalhos intensos com uma linda ciranda da vida, onde cantamos e dançamos juntos e juntas em celebração à juventude.
No domingo (12/08), iniciamos as atividades colocando os projetos nacionais no altar do Senhor e partilhamos do pão e do vinho. Já em plenária, foram aprovados o objetivo construído para o plano nos próximos anos e as prioridades, bem como foram apresentados os nomes indicados para compor a equipe regional de assessores da PJ. A idéia de uma equipe parte da necessidade atual que há em retomar o acompanhamento e a assessoria na instância regional contemplando as dificuldades, as características geográficas do regional. Foi escolhida ainda a data do ERPJ de 2013 e a Arquidiocese de São Salvador como sede do encontro.
Encerramos com a avaliação e uma mística forte e bem aconchegante... “É muito gostoso esse nosso aconchego, esse nosso chamego, essa nossa alegria de ser feliz”.
Fonte: pj.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário