sábado, 6 de fevereiro de 2016

Pastorais da Juventude lançam cartaz da Semana da Cidadania 2016

As Pastorais de Juventude da CNBB (PJ, PJE, PJMP e PJR) lançaram, neste sábado (06), o cartaz oficial que ilustrará a Semana da Cidadania de 2016 (SdC 2016).
Nesta edição, a SdC ocorre entre os dias 16 e 23 de abril e traz como tema “Juventude e Bem Comum” e o lema “Unidos por uma luta comum: terra, teto e trabalho”.
Iluminados pelo Evangelho de Mateus (5,6) “Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados”, a Semana se encontra em sintonia com a temática da Campanha da Fraternidade 2016. O objetivo principal desta atividade é fazer com que a juventude reflita mais profundamente, em grupo, algumas ações presentes em seu cotidiano, convidando-a a se organizar em torno de projetos práticos, com reflexos na sociedade, visando a transformação social, em comunhão com a Igreja e outros organismos da sociedade civil.
O desenho é do artista paulista João Carlos Teixeira, com arte gráfica de Giovanni Giacomini.
Segundo o artista, o grande destaque da obra são as três mãos erguidas em direção ao céu. “Cada uma representa um jovem clamando por uma demanda específica: terra, trabalho e teto. As mãos fechadas segurando as faixas representam mãos em um protesto, que erguem a bandeira da sua causa, ao mesmo tempo que, cerradas, são mãos prontas para lutar por seus objetivos”, disse. 
O subsídio de estudos da SdC 2016 será lançado em breve pelas Pastorais da Juventude. Portanto, fiquem ligados!
Confira, na imagem, o cartaz que ilustra a Semana da Cidadania deste ano.

Saiba mais.
A Semana da Cidadania (SdC) é uma atividade permanente ecumênica, marcada por atividades concretas que desenvolvam o exercício da cidadania por adolescentes e jovens, envolvendo diversos segmentos da sociedade.
Desde 1995, esta atividade tem seu tema definido a partir da Campanha da Fraternidade, e é promovida anualmente, em abril, pelas Pastorais de Juventude, sempre na semana que compreende os dias 14 a 21.

---
Com colaboração de Iago Ervanovite, da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário