segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Grito dos Excluídos ecoa em Feira de Santana

Com o lema ‘Juventude que ousa lutar constrói o projeto Popular’, foi realizado neste sábado (7), feriado da Independência, a 19ª Edição do Grito dos Excluídos em Feira de Santana. A concentração aconteceu na frente dos Correios, bem no local da saída também do desfile oficial. 

Participaram desta edição do Grito várias pastorais de cunho social, bem como movimentos sociais e militantes de sindicatos. O Grito deste ano teve como inspiração o protagonismo juvenil, que juntamente com todos os que lutam pela vida de nosso povo, querem fazer e pôr em prática um Projeto Popular para o Brasil. 

Esse ano a ousadia própria de quem tem um espírito jovem tomou conta dos manifestantes do Grito. Não deixamos que nos colocassem pra trás do desfile e não paramos nosso caminho! Aproveitamos portanto enquanto passávamos na frente do palanque armado pras "autoridades" do município e denunciamos as injustiças que ocorrem em Feira de Santana e região.

As pautas (gritos) principais da nossa marcha foram:
  • Chega de violência e extermínio da juventude negra e da periferia!
  • Não à redução da maioridade penal!
  • Não à privatização e terceirização da saúde pública! (em especial os hospitais Clériston Andrade e da Criança)
  • Pelo Plano Municipal de Juventude e Conselho de Juventude Municipal!
Outros grupos também se juntaram ao nosso Grito, e claro puderam deixar seu recado, sua mobilização e denúncia. Todos os movimentos sociais, pastorais e sindicatos são convocados a participar da reunião de avaliação do 19º Grito dos Excluídos (ainda será marcada), onde também podem ser propostas as próximas atividades para a nossa contínua mobilização pelo Projeto Popular e pela classe trabalhadora! 

Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular!



Autoria: Erik Nascimento (Pastoral da Juventude / Articulação do Grito)



Nenhum comentário:

Postar um comentário