terça-feira, 21 de outubro de 2014

DNJ 2014: formação e celebração, por uma juventude livre!


Neste final de semana foi celebrado em todo o Brasil o Dia Nacional da Juventude, com o tema: Feitos para sermos livres, não escravos. A Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Feira de Santana promoveu o DNJ Formativo durante o dias 17 e 18, enquanto o celebrativo foi realizado na Paróquia São Gonçalo do Amarante. 
Na sexta os trabalhos foram iniciados com uma mistica que recordou a temática do tráfico humano, uma mazela que traz tanta negação de direito e de vida digna a muitos jovens. No momento foi utilizado um material audiovisual da Campanha Missionária 2014, que também recorda a temática do tráfico humano. 
No sábado pela manhã, logo após a oração do Ofício Divino da Juventude, a formação sobre a temática central foi feita pelo Padre Paulino, sj. Com uma maneira participativa e dinâmica essa formação foi realizada, inclusive se utilizando do filme "O Rei Leão", para trazer aspectos que relembram a Criação em Gênesis, bem como nos recorda o que é a verdadeira liberdade: escolher, e como filhos de Deus, acima de tudo temos que escolher a vida. 

Pelo sábado à tarde, a programação seguiu com gincanas e atividades que trouxeram mais uma vez temas como liberdade, união, compromisso entre outros, com a facilitação da Ir Jovelina Oliveira. Logo depois assistimos o filme Anel de Tucum, o nosso assessor Johnny Santos ajudou na partilha, em que foram trazidas falas sobre o compromisso e a missão, em especial junto às pessoas mais empobrecidas, que estão muitas vezes bem próximas de nossa realidade. Por fim, no sábado a noite aconteceu a noite cultural, com muita celebração pela vida de nossos grupos de jovens. 


O domingo foi o dia da celebração do DNJ, realizado pela Paróquia São Gonçalo do Amarante. Foram shows como o do ministério Irmãos de Coração, Banda Descensus entre outros que animaram toda as juventudes das paróquias presentes. Pela manhã foi celebrada a Missa com o Arcebispo Metropolitano Dom Itamar Vian, que relembrou que a juventude tem que ser prioridade em toda ação pastoral da Igreja. 



Sem dúvida uma marca desse DNJ foi a Tenda da Pastoral da Juventude, que nos horários "vagos" animou a juventude com muita dança, música, e que realizou a ciranda pela vida, em sintonia com a Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens. Com a animação da pjoteira Lizandra Santana, nossa tenda teve muita animação, e o público jovem pode ver em nosso painel, fotos que recordaram a caminhada da Pastoral da Juventude desde 1992, quando foi implantada na Arquidiocese, bem como foi realizado o primeiro Dia Nacional da Juventude. 

  

Fonte: Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Feira de Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário