quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

DNJ 2014 vai refletir Tráfico Humano

"Feitos para sermos livres e não escravos". Esse é o lema que os/as jovens de todo o Brasil vão gritar por todo o país no Dia Nacional da Juventude de 2014. O lema faz referência à luta contra o tráfico humano, que também motiva a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema "Fraternidade e Tráfico Humano". O tema foi refletido e aclamado pela Coordenação Nacional da Pastoral Juvenil junto à Equipe de Subsídios da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ) nessa segunda-feira, dia 03 de fevereiro, no Colégio Salesiano Santa Inês na cidade de São Paulo. A assessoria para a reflexão do DNJ foi feita pelo ex secretário nacional da Pastoral da Juventude, o jovem Thiesco Crisóstomo.

 Segundo Thiesco a ideia é que o DNJ continue refletindo os temas das Campanhas da Fraternidade nos próximos anos. "Rezamos um dia inteiro sobre o lema e a iluminação bíblica do DNJ a partir de um resgate histórico e da reflexão acerca do tema.  Este ano teremos novidades na forma como os subsídios serão apresentados, inclusive com a disponibilização de materiais multimídia", adianta Thiesco.

 A iluminação bíblica é do livro de Jeremias: "Eis o que diz o Senhor: praticai o direto e a justiça, e livrai ooprimidodas mãos do opressor" (Jr 22, 3a). O DNJ é um dos principais momentos de reflexão e celebração da Pastoral da Juventude desde sua criação, em 1985. A reflexão do tema deste ano traz de volta o caráter de denúncia e reflexão das situações de morte e desafios para as juventudes tão presentes em outros DNJ`s que destacaram lutas sociais próprias de cada momento histórico.

Fonte: Pastoral da Juventude Nacional (Teias da Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário