quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Movimentos Sociais apoiam Papa frente ao ataque do poder econômico


Confira o manifesto de diversas organizações sociais do mundo denunciando o ataque que o Papa Francisco tem sofrido do poder econômico mundial, devido a sua aproximação com os movimentos sociais, suas críticas ao sistema capitalista e seus projetos de mudanças da Igreja Católica.
 O Poder Econômico ataca o Papa Francisco, os trabalhadores o defendem!
O Papa Francisco vem desde a sua eleição dizendo que quer mudanças. Mudanças na igreja, mudança na postura dos cristãos e mudanças na forma de atuação da economia capitalista excludente e concentradora, que gera muitos problemas sociais e de exclusão no mundo.
Deu provas de coerência na sua posição pessoal sobre mudanças no Vaticano e com a publicação de sua "exortação apostólica", onde condena o falso deus do mercado financeiro e o capital a serviço de uma elite global.
Foi o suficiente para o poder econômico mundial, com seus banqueiros, corporações transnacionais, o agronegócio, diplomatas e porta-vozes na imprensa mundial, iniciarem uma campanha mundial de "ridicularização do Papa".
Nós, movimentos sociais e populares repudiamos os constantes ataques ao Papa Francisco dos centros de poder mundial por meio de seu monopólio midiático, destinados a desprestigiar quem ousou levantar a voz contra a economia de exclusão imposta à custa de infinitos sofrimentos, à destruição da natureza e a perda de milhões de vidas.
Leia mais:
Papa Francisco se junta aos movimentos sociais
Os conservadores, que nunca querem mudar nada, auto-intitulados guardiães da ortodoxia e que reduzem a religião a um manual de "moralidade", tremem com a simples possibilidade de que a Igreja some a sua voz aos oprimidos da terra para denunciar a injustiça do capitalismo. Esses conservadores nada conservam mais do que seus próprios privilégios e nem têm outra fé que a adoração a seu deus: o dinheiro.
Em particular, repudiamos a campanha montado pela direita norteamericana agrupada no chamado Tea Party e CNN. Exemplo de hipocrisia moderno, com líderes que impõem aos outros pautas moralistas que não cumprem em suas próprias vidas, a organização expressa a posição do capital global, concentrado num punhado de bancos e corporações multinacionais.
O Papa Francisco, em poucos meses, tem despertado amor e esperança para milhões de homens e mulheres, católicos ou não, que sonham com um mundo melhor. É natural que sua crítica à globalização capitalista irrite aqueles que detêm o poder econômico. Por outro lado, os povos do mundo, em especial os trabalhadores, os pobres e os excluídos, sentimos que temos encontrado uma nova referência moral para lutar por justiça social.
Por esta razão, expressamos a nossa solidariedade a Francisco frente a essa feroz campanha do Império, e esperamos que continue com suas denuncias, seus gestos e sua mensagem a caminho de uma sociedade de irmãos, sem excluídos ou humilhados.
 América Latina, dezembro de 2013.
 
Adesões:
 
Asociación Civil Huellas de Esperanza, Pto. Iguazú, Misiones (Argentina)
Asociación de Recicladores de Colombia (Colombia)
ATC - Asociacion de Trabajadores del Campo - Nicaragua
Barrios Unidos y Organizados por el Habitat  (Argentina)
CLOC/Coordinadora latinoamericana de organizaciones campesinas/Via campesina internacional
Comité de Tierra urbana- Simon Bolivar- Venezuela
Comunidad Socialista “Ana Soto” Venezuela.
Confederación de Trabajadores de la Economía Popular (CTEP - Argentina)
Cooperativa de Vivienda Los Pibes
Coord. Latinoamericana da Associação ecumênica de Teologos do Terceiro Mundo.
Coordinacion de Justicia, Paz e Integracion de Costa Rica
Coordinación Latinoamericana de Movimientos Territoriales urbanos (Latinoamérica)
Coordinadora Nacional agrária- CNA- Colombia
Corriente Villera Independiente (Argentina)
Confederacion Nacional de Organizaciones Campesino, Indigenas y Negras FENOCIN- Ecuador
Federación de Cartoneros y Recicladores (Argentina)
Federación de Cooperativas de Trabajo de Quilmes (Argentina)
Federación Nacional de Mujeres Campesinas Artesanas Indígenas Nativas y Asalariada del Perú.- FEMUCARINAP
FM Riachuelo
Frente Carlos Mujica  (argentina)
Movimento camponês popular- MCP- Brasil
Movimento dos pequenos agricultores- MPA- Brasil
Movimento dos Trabalhadores Cristãos- MTC- Brasil
Movimento Nacional de rádios comunitárias- Brasil
Movimiento campesino de Paraguay- MCP
Movimiento de Trabajadores Excluidos (MTE - Argentina)
Movimiento dos trabalhadores rurais sem terra MST - Brasil
Movimiento Evita (Argentina)
Movimiento Helder Camara (Argentina)
Movimiento Nacional Campesino Indigena – MNCI - Argentina
Movimiento Nacional Campesino Indígena de Argentina
Movimiento Nacional de Empresas Recuperadas (MNER - Argentina)
Movimineto de Liberacion Nacional- Mexico
Organización Social y Política "Los Pibes"
Radio Comunal "Guerrera Ana Soto"
Organización de Trabajadoras y Trabajadores Residenciales del Estado Lara- Venezuela.
Rede Biblica ecumênica, de costa Rica
Secretario de Relaciones Internacionales de la Unión Obrera Metalúrgica (argentina)
Via Campesina Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário