sábado, 26 de abril de 2014

CPT lança relatório sobre "Conflitos no Campo Brasil 2013"

A Comissão Pastoral da Terra, organismo vinculado à CNBB, divulgará na próxima segunda-feira, 28, às 14h, na sede da CNBB, em Brasília, a 29ª edição do relatório “Conflitos no Campo Brasil”. O texto apresenta dados sobre os conflitos e violências sofridos pelos trabalhadores e trabalhadoras rurais no país, entre eles indígenas, quilombolas e outros povos tradicionais, no ano de 2013.
Estarão presentes no evento o presidente da CPT, dom Enemésio Lazzaris, o secretário da coordenação nacional do organismo, Antônio Canuto, o professor da Universidade Federal Fluminense, Carlos Walter Porto-Gonçalves, entre outros.
Segundo dados da Comissão, em 2013, foram assassinadas 34 pessoas em situação de conflitos no campo, sendo 15 indígenas. Houve 15 tentativas de assassinatos registradas no relatório, também 10 se referem a indígenas. Além disso, 33 indígenas foram ameaçados de morte, de um total de 241 pessoas.
A CPT informa, ainda, que a Amazônia permanece como palco principal dos conflitos. Dos 34 assassinatos, 20 ocorreram na região.
Informações sobre o lançamento do relatório "Conflitos no Campo Brasil 2013" pelos telefones: (62) 4008-6406 ou (62)  4008-6412.  
Fonte: CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário