segunda-feira, 22 de setembro de 2014

PJ da Arquidiocese de Feira realiza 4ª Etapa da Escola da Juventude


"A formação deve ser integral, isto é, considerar as diversas dimensões da pessoa humana e os processos grupais." Documento 85 - CNBB (Evangelização da Juventude).

Seguindo essa exigência da Igreja do Brasil, a Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Feira de Santana mantém a 10 anos a sua Escola da Juventude. Neste fim de semana (19 a 21 de setembro) foi realizada a 4ª etapa do ano de 2014. Como de costume o encontro foi realizado na Chácara Santo Inácio, pertencente à Companhia de Jesus. A etapa foi iniciada na sexta-feira com uma mística que foram recordadas as diversas "fomes" (de cultura, de justiça, de dignidade...) que nós jovens temos em nosso cotidiano, e como nossos grupos de jovens "matam" esses desejos. 
No sábado de manhã tivemos a facilitação da Leidiana de Jesus, que é assessora da Pastoral da Juventude na Diocese de Serrinha (BA). O tema trabalhado foi "Dinâmica de grupo", onde foi abordada a forma que devemos trabalhar junto aos grupos de jovens, dentro da perspectiva da PJ. Pelo turno da tarde quem nos ajudou foi o Luis Duarte, noviço jesuíta, que já foi da Coordenação Nacional da PJ. Nesse momento ele falou sobre a Missão da PJ, partindo principalmente da perspectiva do Civilização do Amor - Projeto e Missão. 

No sábado a noite todos os alunos e a equipe da Escola da Juventude Dom Hélder Câmara participaram do Seminário Juventude e Participação Política, promovido pela Pastoral da Juventude das Foranias 1 e 2. Essa atividade foi realizada no Salão da Paróquia Todos os Santos, no bairro Queimadinha, e foi dividida em duas partes: a primeira com a explanação do professor Alfredo sobre a relação entre a juventude e a política; e a segunda com o debate de propostas de dois candidatos a deputado estadual, ambos da cidade de Feira de Santana.
No domingo iniciamos as atividades com a Santa Missa, presidida pelo Padre Paulino,sj. Com suas falas de ânimo para com a juventude, nos sentimos todos revigorados para o restante da atividade. Com a força de paz que vem do Corpo e Sangue de Cristo, pudemos logo depois continuar com a assessoria do Luis Duarte, dessa vez falando da Metodologia da PJ, assim ficando claro que o nosso jeito pjoteiro de ser e fazer está presente por todo o continente, numa ação de estar sempre junto à juventude das periferias existenciais e sociais, como continua a nos pedir o Papa Francisco.  

Fonte: Pastoral da Juventude - Arquidiocese de Feira de Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário